Tendências da engenharia para 2022

Tudo o que você precisa saber sobre fundações na engenharia
Tudo o que você precisa saber sobre fundações na engenharia
25 de julho de 2022

Tendências da engenharia para 2022

Tendências da engenharia para 2022

Tendências da engenharia para 2022

A construção civil está constantemente se atualizando e recebendo novas tecnologias para melhorar seus processos e o produto final. Por isso, vamos apresentar tendências da engenharia para este ano, que vão ditar o setor e também se consolidar em 2023.

Com a grande competitividade do mercado de construção civil, cada vez mais surge a necessidade de construtoras se atualizarem e disputarem os espaços, trabalhando com eficiência e modernidade.

Aproveitar essas oportunidades e seguir essas tendências é uma forma de se destacar no mercado, buscando sempre melhorar resultados, qualidade e produtividade nas obras, o que é essencial para toda construtora.

Tendências da engenharia para 2022

1 – Materiais sustentáveis e adaptações ecológicas – A sustentabilidade virou um padrão em definitivo nas tendências da engenharia e para a construção civil como um todo. Um dos setores que mais causam problemas ao meio ambiente, também está se voltando para proteger o meio ambiente.

Nesse sentido, a aplicação de novas tecnologias, que trabalham de forma sustentável, estão sendo cada vez mais aplicadas no setor. Além disso, esse tema está se tornando requisito para a contratação de novas obras e, por isso, empresas que não trabalham desse modo, podem ficar de fora do mercado.

Para melhorar a sustentabilidade na construção civil, se utiliza da aplicação de novas tecnologias, como tijolos ecológicos, cisternas para coleta e armazenamento de águas pluviais, telhados verdes como solução termoacústica, claraboias para iluminação e jardins verticais para regular a temperatura interna.

O reaproveitamento de materiais, bem como a reutilização de pisos e ladrilhos, pallets, reuso de móveis antigos e uso de madeira de demolição, também colaboram com ações sustentáveis no canteiro de obras e contribuem para um planeta mais saudável.

2 – Energia renovável – Ainda focado nas tendências da engenharia para ações sustentáveis, a utilização de energia renovável também está crescendo bastante. 

Existem diversas maneiras desse processo ocorrer, seja por ações simples, como a priorização de luz e ventilação natural, até as mais complexas e personalizadas, como a instalação de placas fotovoltaicas e o uso de recursos renováveis.

Cada vez mais novos empreendimentos estão sendo criados com essas tecnologias aplicadas, melhorando o meio ambiente e também proporcionando economia aos novos moradores. A iluminação natural ainda tem uma motivação extra: é um grande atrativo para os futuros moradores e valoriza o imóvel.

3 – Tecnologia e inovação – Não é de hoje que a tecnologia anda em conjunto com a construção civil. Para as tendências da engenharia podemos destacar novos tipos de ferramentas que estão disponíveis e que serão cada vez mais implementadas no setor.

O uso de drones para o mapeamento de grandes áreas e longas distâncias, por exemplo, está se tornando um grande auxílio nas novas construções. Ele é capaz de cobrir estas regiões rapidamente e levantar diversas informações relevantes para o empreendimento.

A realidade aumentada também está cada vez mais difundida, pois colabora na visualização de investidores e compradores, transformando a experiência de ver um desenho técnico pré-construção mais tangível. Atualmente, o uso da tecnologia BIM é uma das mais avançadas e que segue as tendências da engenharia, mas vamos falar mais sobre ela logo mais.

E é claro que quando falamos de tecnologia, o uso de smartphones se tornou mais do que um auxílio, algo fundamental. A comunicação remota e o acesso ao local de trabalho sem a necessidade de deslocamento são pontos positivos para o seu uso. 

Além disso, se incluem as inspeções visuais em tempo real, apresentação de projetos e inspeção de alvarás e licenças por meio de uma plataforma única e online.

4 – Construção modular – Seguindo as tendências da engenharia, a construção modular ganha espaço e está se popularizando cada vez mais. Esse modelo se trata da produção de módulos individuais em fábricas especializadas para a construção civil.

Se o seu uso for planejado desde a concepção do projeto, eles contribuem para ganhar produtividade e eficiência na montagem da construção. A ideia de produzir kits fora do canteiro, chamada construção offsite, é otimizar a instalação e o canteiro de obras.

5 – Robotização de processos – Os robôs são outra forma extremamente útil de utilizar na construção civil e se tornaram uma das tendências da engenharia. Na realidade, em todos os setores os robôs estão se tornando comum que eles sejam incorporados ao trabalho humano.

Nas obras, eles podem ser utilizados durante as demolições, por exemplo. Uma atividade que necessita de muito esforço, energia e precisão dos colaboradores, além de apresentar um grande risco de acidentes de trabalho. Nesse sentido, também vamos ver nos próximos anos o uso dessas máquinas avançadas em serviços de alvenaria.

6 – Building Information Modeling (BIM) – Como destacamos anteriormente, o BIM é um modelo que ganha cada vez mais espaço e está sendo melhorado e implementado em novos empreendimentos.

Essa tecnologia 3D trabalha com a digitalização de obras, permitindo às construtoras otimizar processos e ter maior visibilidade do passo a passo da execução de obras. 

Além disso, também oferece bases mais concretas para alinhar o projeto com as necessidades e expectativas dos clientes, além de ser uma base excelente para o desenvolvimento de cronogramas de obras e orçamentos mais assertivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Falar no WhatsApp
Precisa de ajuda?