Retrospectiva da construção civil de 2018: Confira os principais acontecimentos

estacas de fundação
Estacas de Fundação: Entenda como esses elementos funcionam
12 de dezembro de 2018
medidas sustentáveis na fundação
Como adotar medidas sustentáveis na fundação de uma obra
15 de janeiro de 2019

Retrospectiva da construção civil de 2018: Confira os principais acontecimentos

retrospectiva construção civil

A retrospectiva da construção civil mostra que o ano de 2018 foi marcado por dificuldades econômicas em muitos setores, inclusive o da construção civil. Mas, em contrapartida, o mercado se mostrou bastante inovador para driblar as dificuldades e dezenas de novas tecnologias passaram a ser usadas. Além disso, construções épicas foram inauguradas e a sustentabilidade passou a ser pauta indispensável no mercado. Acompanhe na retrospectiva da construção civil, os principais acontecimentos de 2018.

 

retrospectiva construção civil

 

Dificuldades econômicas

A crise econômica dos últimos anos afetou consideravelmente os resultados de 2018 e não poderia faltar na retrospectiva da construção civil. O mercado amargou uma queda de 6% na economia pelo quarto ano consecutivo, segundo a estimativa do PIB (Produto Interno Bruto). A insegurança do trabalhador e a restrição de crédito tornaram-se um dos motivos da recessão econômica. Além disso, outra consequência da crise que fez com que o ano de 2018 se transformasse em um grande desafio para a economia, foi a paralisação das obras de infraestrutura. A Operação Lava Jato teve forte impacto sobre grandes empreiteiras e a crise fiscal do governo reduziu drasticamente os investimentos públicos. A expectativa dos representantes da Construção Civil era muito positiva para 2018, mas as coisas infelizmente não ocorreram como esperado.

 

Construções épicas

O ano de 2018 foi marcado por grandes obras, principalmente na China, destaque da retrospectiva da construção civil. Eles começaram batendo o recorde ao construir uma linha de trem em menos de 9h, na cidade de Longyan. Para construir, 1500 trabalhadores foram divididos em sete grupos que realizavam tarefas diferentes. A China também inovou quando inaugurou a maior ponte marítima do mundo. A ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau liga as cidades de Hong Kong, Macau e Zhuhai. Com 55 quilômetros de extensão, o projeto inclui ilhas artificiais, túnel subaquático, trechos de estrada e três pontes. Para fechar a participação épica do país na retrospectiva da construção civil, a China construiu o edifício mais largo do mundo. O Global Center é o maior edifício do mundo em termos de área tocando o chão e está localizado em Chengdu, uma cidade da província de Sichuan.

 

Leia também: Saiba tudo sobre a maior ponte marítima do mundo

 

Tecnologia e Inovação

Não é novidade que a tecnologia está cada vez mais presente na construção civil. A inteligência artificial, por exemplo, foi bastante discutida em 2018, foram realizadas pesquisas com robôs autônomos capazes de manipular materiais e montar estruturas com precisão. Além disso, o Machine Learning, ou computação cognitiva em português, que representa a capacidade dos computadores pensarem (quase) como seres humanos, trouxe aplicações infinitas para a construção civil. Uma empresa chegou a lançar uma plataforma que agrega dados visuais do canteiro e os analisa de forma inteligente, gerando insights sobre segurança, qualidade, uso de equipamentos e rastreamento de progresso. Além disso, a realidade aumentada também se destacou durante o ano, ao auxiliar na visualização de projetos no ambiente real e com o BIM (Modelagem de Informações da Construção – Building Information Modeling), se tornou possível criar modelos virtuais de uma construção. O uso de drones também passou a ser bem mais comum, já que essa ferramenta teve seu custo reduzido e dessa forma, merece seu lugar na retrospectiva da construção civil.

 

Leia também: Cinco inovações tecnológicas que estão mudando a construção civil

 

Sustentabilidade

A sustentabilidade foi destaque no ano de 2018 em diversos setores, inclusive na construção civil. Essa crescente acontece porque as pessoas passaram a se preocupar mais com os efeitos de suas ações no ecossistema. Algumas iniciativas sustentáveis chamaram muito atenção, como o concreto feito a partir de garrafas plásticas. Alunos e pesquisadores do MIT descobriram que, ao expor pedaços de plásticos a doses pequenas e inofensivas de radiação gama, é possível misturar o plástico irradiado com pasta de cimento para produzir um tipo de concreto 15% mais resistente do que o concreto convencional. Outros materiais renováveis, naturais e minimamente processados têm substituído compostos e elementos mais pesados, caros e agressivos ao meio ambiente em edificações, conferindo-lhes inclusive, mais resistência. A sustentabilidade pode ser considerada o item mais importante da retrospectiva da construção civil, pois mostra o setor caminhando para o caminho certo.

 

Leia também: A sustentabilidade na construção civil como um diferencial

 

Esses são os principais acontecimentos que marcaram o ano de 2018 e merecem um lugar especial na retrospectiva da construção civil. Veja outras dicas de construção civil.

1 Comment

  1. Vera Silva disse:

    Gostei muito do artigo do seu site, estarei acompanhando sempre. Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *