Retrospectiva da construção civil em 2019: Confira os principais acontecimentos

Saiba tudo sobre a construção da Ilha Palm Jumeirah, em Dubai
15 de outubro de 2020
A importância de fazer a fundação com uma empresa especializada
19 de novembro de 2020

Retrospectiva da construção civil em 2019: Confira os principais acontecimentos

A construção civil em 2019 passou por um momento importante em diversos âmbitos. Foi o início de uma retomada do setor na economia, que voltou a sofrer com a pandemia do novo coronavírus em 2020. No entanto, é uma das indústrias que vai ajudar o país a retomar o crescimento econômico. Mesmo em cenários de crise, o ano passado para o setor teve grandes acontecimentos e a União Fundações vai apresentar algumas das principais construções finalizadas em 2019 pelo mundo;

Mesmo com todos os problemas econômicos no brasil, o fato é que grandes obras que marcaram a construção civil em 2019. E para o ano passado, também houveram inovações na engenharia civil e arquiteturas inovadoras. E é claro que, para isto, foram precisas muitas técnicas diferentes de engenharia e, principalmente, análises bem estruturadas e fundamentadas.

É fato que na última década, diversos projetos modernos foram entregues e obras incríveis surgiram neste contexto no mundo inteiro. Um grande crescimento, nesse sentido, foi das construções sustentáveis, que cada vez mais ganham espaço no setor da construção civil, principalmente aliando com as novas tecnologias que surgem a cada momento. Confira as obras que a União Fundações destacou.

Principais obras finalizadas pela construção civil em 2019

Mesquita Central de Cambridge – Ficou conhecida como a “primeira mesquita ecológica da Europa”. A Mesquita Central de Cambridge abriu suas portas no final de 2019, com um investimento recebido de 23 milhões de libras – cerca de R$ 130 milhões. O dinheiro foi arrecadado de uma maneira não tão usual: mais de 10 mil doações pessoais, empresariais e, até mesmo, governamentais de outros países.

A intenção do projeto foi de criar “uma verdadeira mesquita britânica no século 21”. Nesse sentido, foram utilizadas crenças e o paraíso descrito no Alcorão para inspirar visualmente a obra do local. O empenho da equipe do projeto se deu, principalmente, nos detalhes. Com materiais de qualidade e profissionais experientes, desenvolveram colunas semelhantes a galhos de árvores, um jardim aberto na entrada, sala de oração e muito mais. Além de ser um local de culto, a Mesquita também se tornou um ponto turístico, sem minimizar ou desrespeitar a crença dos envolvidos.

Cabo submarino EUA/Chile – Uma grande obra foi concluída, aliando inovação tecnológica e planejamento minucioso. Está obra consiste em um cabo submarino de 10.500 quilômetros de extensão, que conecta os centros de informação do Google dos Estados Unidos e do Chile. Chamado de Curie, o cabo de fibra óptica foi instalado e testado com sucesso e começou a transmitir dados na metade deste ano.

Seu nome foi em homenagem à cientista Marie Curie e contem quatro pares de fibra óptica de 18 terabits por segundo (Tbps), que permitem fornecer 72 Tbps de largura de banda.  Os investimentos foram projetados para ajudar a melhorar a conectividade em todo o mundo e a Google afirmou ter investido US$ 47 bilhões nos últimos anos para melhorar sua infraestrutura global. Outro ponto positivo da obra é da instalação dos cabos é que ela foi feita de maneira ecologicamente correta e sua utilização não apresenta impacto ambiental adverso.

Tianjin CTF Finance Centre (China) – A construção civil em 2019 é uma das atrações do centro financeiro da cidade de Tianjin, na China. A torre possui 530 metros de altura e abriga tanto apartamentos de luxo, quanto um hotel e também escritórios. Um dos destaques da obra é sua fachada curvilínea de vidro, que faz a construção ganhar a forma de um foguete. Sua curvatura integra oito mega colunas inclinadas que seguem uma linha lírica conectando os centros e os cantos de todas as quatro elevações. Estas mega colunas auxiliam em prevenção em casos de acidentes sísmicos, pois são mais eficazes e aumentam a rigidez do edifício.

Para sua construção foram empilhadas placas de piso reduzidas e, com isso, reduziu-se drasticamente a área da superfície exposta ao vento, sol e umidade. Os apartamentos possuem planta quadrada com cantos arredondados e a geometria da placa de piso permite ajustes internos exclusivos e opções de personalização para os ocupantes. A forma aerodinâmica do edifício reduz muito o desprendimento do vórtice, “confundindo o vento” e interrompendo a oportunidade de qualquer ressonância das forças e cargas do vento na estrutura.

Raffles City Chongqing (China) – Também na China, este empreendimento iniciou em 2013. Concluída em 2019, o projeto é um conjunto de oito arranha-céus no distrito de Yuzhong, Chongqing. Um grande detalhe que chama atenção é uma ponte, chamada de “Cristal”, que conecta o topo de quatro dos arranha-céus. Todo o projeto compreende oito torres com um total de 817.000 metros quadrados de área útil e a passarela será a segunda mais alta do mundo depois do Kingdom Centre. É um dos edifícios mais caros já construídos no país.

No total, o projeto compõe 1,12 milhão de metros quadrados de área, sendo 817.000 metros quadrados de área útil e incluirá 150.000m² de escritórios e 1.400 residências, um hotel, um shopping center de 235.000m² e jardins paisagísticos. Os edifícios foram construídos em concreto armado com colunas de aço revestidas de concreto e piso de aço. Já a Cristal é uma passarela horizontal fechada que possui 300 metros de comprimento, com 32,5 m de largura e 26,5 m de altura. Seu nome vem da forma como foi montada: aproximadamente 3.000 painéis de vidro e quase 5.000 painéis de alumínio. Além disso, dentro da Cristal haverá duas piscinas, restaurantes, uma galeria, jardins arborizados e um mirante.

Ponte do Castelo de Tintagel – Localizada na Cornualha, a ponte conecta o continente ao Castelo de Tintagel. A construção é conhecida mundialmente por ser apontada como o local em que o lendário Rei Arthur foi concebido. Já o castelo fica em uma região remota e exigia que todos visitantes subissem por 148 degraus e a nova ponte custou o investimento de 5,5 milhões de libras. É a primeira vez que o castelo está conectado ao continente em 500 anos. A ponte foi construída majoritariamente de aço e uma abertura de quatro centímetros no meio permite a expansão e contração da ponte de acordo com a mudança de temperatura.

Aeroporto Internacional de Daxing, Pequim – O novo terminal possui 2,3 milhões de metros quadrados e foi projetado com um design radial com seis braços, inspirado na arquitetura tradicional da China, já que possui os espaços interconectados em torno de um pátio central. As sofisticadas soluções de mobilidade garantem que os passageiros se movam com conforto e rapidez para chegar e sair de seus portões.

Museu Nacional do Catar, Doha – Construído com uma combinação de formas futuristas com referências à cultura e paisagem locais. Seu design possui discos sobrepostos ao museu de 130.000 metros quadrados, que simbolizam as “cristalizações do deserto”. Já a formação com pétalas em forma de lâmina da rosa do deserto.

30 Hudson Yards, Nova York – É o maior empreendimento privado da história dos EUA e uma incrível obra de engenharia. O projeto consiste na reconstrução de 11,3 hectares do Hudson Yards, em Nova York. O edifício mais alto é o altíssimo 30 Hudson Yards, uma estrutura de uso misto de 386 metros. Também foi projetado um deck de observação mais alto dos EUA, que se projeta em ângulo agudo e oferece vistas deslumbrantes da cidade – a 335 metros de altura.

The Leonardo, Joanesburgo – Concluída em abril de 2019, o prédio se tornou oficialmente o edifício mais alto da África, com 234 metros. Sua arquitetura assemelha-se a blocos empilhados combina uma variedade de usos, de negócios a residenciais, a uma plataforma de visualização pública. Mesmo que seja o mais alto da África atualmente, para 2020, a Torre Pinnacle do Quênia já está pronta para assumir a liderança, chegando a 320 metros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *