Por que apostar no potencial da Construção Inteligente para a sua obra?

Por que apostar no potencial da Construção Inteligente para a sua obra?

Por que apostar no potencial da Construção Inteligente para a sua obra?

A Construção Inteligente está transformando o cenário da construção civil. Conhecido por se apropriar de novas tecnologias e promover avanços, o setor está constantemente se atualizando conforme surgem novidades.

Em geral, os novos empreendimentos estão sendo feitos a partir da busca de técnicas que sejam capazes de reduzir os custos, ganhar agilidade e empregar os recursos de modo mais eficiente. 

Desse modo, a Construção Inteligente apresenta um potencial enorme para a construção civil. Ela traz a implementação de diversas soluções para melhorar ainda mais o cenário construtivo.

Basicamente, esse tipo de modelo de construção tem como objetivo proporcionar conforto e segurança ao canteiro, aliados à competitividade, sustentabilidade e economia geral. Todo esse processo ocorre desde o início da construção civil, até as etapas de manutenção após a conclusão da obra.

Para que isso ocorra, a Construção Inteligente utiliza de sistemas integrados e automatizados, que possuem a capacidade de otimizar os recursos disponíveis. 

Além disso, esse modelo construtivo se tornou muito popular, pois os profissionais envolvidos compreenderam a importância de obter conforto nos novos empreendimentos. Desse modo, se gera economia a médio e longo prazo.

Assim, os projetos inteligentes contam com monitoramento remoto, tecnologia wireless e recursos de eficiência energética. Ou seja, esse modelo de construção coloca em conjunto todo esse planejamento com uma infraestrutura pensada de modo digital e integrado.

Temos, por exemplo, automação de luzes, vigilância por câmeras, emprego mais consciente e exato dos recursos naturais. 

Por isso, além de aplicar novas tecnologias, também colabora para reduzir o impacto ambiental nas construções e, por isso, conseguem se tornar competitivas em um mercado imobiliário bastante disputado.

Agora que você entende um pouco mais sobre a Construção Inteligente, vamos falar dos potenciais dela para a sua obra. Fique ligado!

Por que apostar no potencial da Construção Inteligente para a sua obra?

Como podemos perceber, a Construção Inteligente oferece diversos benefícios para as obras. Além de manter a empresa competitiva no mercado, também colabora com a redução dos impactos ambientais causados pelo setor.

Os projetos realizados nesse modelo construtivo são mais eficientes, sustentáveis, econômicos e seguros. Esse tipo de construção segue quatro pontos fundamentais e que atestam o seu potencial para a construção civil. Os quatro direcionamentos são: integração, eficiência, sustentabilidade e tecnologia

Saiba mais sobre os principais motivos para apostar em seu potencial:

Integração – Um dos maiores benefícios que a Construção Inteligente leva para as obras é a integração. Fazer a conexão de dados fundamentais para o projeto é algo que agiliza o trabalho e ainda proporciona economia.

Além disso, utilizando as plataformas corretas, é possível dar mais segurança à gestão das informações do projeto. Temos, por exemplo, questões que podem ser compartilhadas entre diversas áreas, que vão desde paleta de cores, até questões de ordem de aplicação de materiais.

Também é possível facilitar o trabalho de quem está trabalhando diretamente no projeto, com a apresentação de comparação de cenários, antecipando soluções e verificando especificidades que poderiam passar despercebidas.

Esses são alguns exemplos de integração durante o processo de construção, mas ela também ocorre após a obra estar pronta. No dia a dia dos moradores de um apartamento, podemos citar como exemplo disso a integração de sistemas de iluminação, de som e eletrodomésticos.

Eficiência – Os novos empreendimentos possuem uma exigência acelerada de prazo de entrega, promovido pelo mercado imobiliário. Para acompanhar essa demanda com eficiência e ainda manter o alto padrão de acabamento e segurança, a Construção Inteligente é fundamental.

Nesse sentido, ela pode colaborar com a criação de orçamentos, focando em  compras estratégicas. Também é uma forma de agilizar, com a manutenção de prazos acordados e aumento da produtividade da equipe. 

Assim, é possível fazer uma forma de gestão que esteja focando na prevenção de falhas e, caso os problemas apareçam, a tomada de decisão para corrigir vai ser mais eficiente, rápida e assertiva.

Também podemos citar como exemplo a otimização do uso de espaços internos da construção. Assim, temos nesse processo construtivo a instalação de painéis de energia solar e a construção de entradas de ar que diminuam a necessidade de climatizadores.

Sustentabilidade – Não é possível pensar em construção civil hoje em dia sem planejar a sustentabilidade. O setor é um dos principais responsáveis por problemas causados ao meio ambiente e, por isso, está cada vez mais se atualizando para melhorar a preservação ambiental.

A Construção Inteligente é uma forma de oferecer uma plena experiência de moradia sem a necessidade de utilizar um grande volume de recursos. 

Além de colaborar com o planeta Terra, também colabora com a redução orçamentária, já que são realizadas estratégias para a destinação correta de materiais, evitando o desperdício e fomentando o reaproveitamento.

Desse modo, também temos diversos exemplos na construção finalizada, como o uso da energia renovável, reaproveitamento e drenagem de água, sistemas de compostagem e separação da coleta de lixo.

Tecnologia – Por último, um dos principais potenciais da Construção Inteligente é a tecnologia aplicada neste modelo construtivo. As novas ferramentas colaboram para a implementação da integração, eficiência e sustentabilidade nas obras.

Ou seja, sem o avanço tecnológico, nada disso seria positivo e, por isso, é importante que o melhor de cada equipamento e técnica seja aplicado na construção civil.

Conheça as tecnologias em alta para as construções inteligentes

Pensando em tecnologia e como esses avanços são uma parte chave da Construção Inteligente, separamos algumas ferramentas que estão cada vez mais auxiliando na construção civil e fortalecendo os projetos de novos empreendimentos.

Robotização de processos – A presença de robôs na construção civil é cada vez mais comum e uma das grandes tendências da atualidade. Para além disso, a implementação da Inteligência Artificial (IA), que está se modernizando a cada dia que passa, também é um exemplo desse processo tecnológico.

Para melhorar no canteiro de obras, vemos a presença também em sensores, que são colocados em roupas, máquinas e outros dispositivos para registrar a produtividade e diminuir as chances de acidentes na construção civil.

Também temos a robotização de processos desde a etapa de planejamento das obras. Tanto nos escritórios, quanto nos setores administrativos, as ferramentas tecnológicas colaboram na prevenção de riscos e na execução de cálculos precisos. Tudo isso colabora com a eficiência do projeto e tomada de decisões mais assertivas.

Building Information Modeling (BIM) – Traduzindo, o BIM é a sigla para Modelagem da Informação da Construção. 

Basicamente, é uma tecnologia em três dimensões, que serve para digitalizar as obras. Com essa ferramenta, é possível dar maior visibilidade do passo a passo da execução das atividades em canteiros.

Assim, é possível otimizar os processos dos profissionais da obra, utilizando a realidade aumentada para enxergar melhor as ações que devem ser tomadas. Além disso, é possível apresentar para os clientes como o projeto vai ficar no final, alinhando as expectativas e necessidades de cada um.

Também existe a possibilidade de utilizar drones para potencializar ainda mais essa visualização do projeto, com captação de imagens, escaneamento de perímetros e acompanhamento geral da obra.

Tecnologias para Saúde e Segurança do Trabalho – O potencial da Construção Inteligente também pode ser percebido na melhoria do trabalho para os profissionais da obra. É possível, nesse sentido, controlar a segurança e a saúde dos trabalhadores, com acompanhamento de sensores.

Além disso, essa segurança também se encontra nos maquinários e na integridade infraestrutural do projeto. Com estes sensores, são recebidos dados sobre oscilações climáticas e mudanças sofridas nas estruturas físicas no decorrer do tempo

Sistemas de construção – As construções inteligentes também possuem programas de gestão, que funcionam de maneira extremamente positiva para a obra. Eles são capazes de demarcar detalhadamente os materiais, valores, fabricantes e tempo de execução para o projeto.

Essas informações são fundamentais para toda a equipe envolvida no processo e, atualmente, os dados são inseridos na nuvem, o que facilita o acesso em qualquer lugar. Desse modo, é possível aumentar a integração e o alcance de melhores resultados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda?