Os principais tipos de solo usados na construção civil

Por que alguns prédios na orla de Santos entortaram?
17 de fevereiro de 2020
Os tipos de fundações
Os tipos de fundações
20 de março de 2020

Os principais tipos de solo usados na construção civil

Os tipos de solos são um assunto que precisam de muita atenção na hora de construir. Antes de começar qualquer obra, é imprescindível que seja feita uma boa análise do terreno e do solo por um profissional qualificado. 

O solo onde será erguida a construção é determinante para a fundação, a estrutura e o tipo de edificação que serão feitos. Hoje vamos falar sobre os 3 tipos de solos mais comuns para a construção civil.

É importante lembrar que existem vários tipos de solo, esses são os principais, mas não são os únicos. Cada país possui um clima, relevo e outras características geográficas próprias, o que faz com que o solo também seja diferente, e também nem sempre um solo será apenas de um tipo, ele pode estar misturada com outro. 

Confira agora um pouco mais sobre os 3 principais tipos de solo usados na construção civil: argiloso, siltoso e arenoso.  

Solo Argiloso

Este é o tipo de solo mais encontrado no Brasil. Possui uma grande importância econômica, já que é utilizado como matéria-prima para a fabricação de azulejos, tijolos, telhas e pisos cerâmicos. 

É considerado o solo mais fino pois suas partículas são muito pequenas e se ligam facilmente entre si, esse processo chamado de ligação molecular faz da argila um material muito consistente o que a faz ser considerada um dos solos mais seguros para a construção civil.

Solo Siltoso

Esse tipo de solo está entre o argiloso e o arenoso, ele também tem partículas pequenas, mas sua ligação molecular não é forte como a argila e quando é encontrado em uma obra, é muito importante ter ajuda de um geólogo para identificar as possibilidades que o terreno oferece. 

Dificilmente o solo siltoso é encontrado puro, geralmente ele está misturada com o solo argiloso ou arenoso. 

Solo Arenoso

Esse é o solo onde predomina a areia. Sabe quando pegamos a areia da praia e ela escapa pelo dedos das mãos? Isso ocorre devido as não existência de ligação molecular entre as partículas de areia. Isso torna o solo arenoso o mais permeável.

Quando identificado em uma obra, a construção precisará de fundações mais profundas com estacas, de concreto armado ou aço para garantir a segurança. Um exemplo clássico disso são os prédios tortos de Santos/SP, onde edifícios foram construídos em solo arenoso com fundações superficial, que foram afundando cada vez enquanto surgiam novos prédios ao redor. 

Infelizmente, o estudo do solo ainda é muito negligenciado em alguns casos, devido ao custo ou tempo necessário para conclusão da obra, mas para se construir em segurança, busque sempre por profissionais qualificados que irão entender como a superfície vai se comportar ao receber pressão acima dele e te auxiliar na melhor forma de resolver eventuais problemas em relação ao tipo do solo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *