Os perigos de uma fundação mal executada.

Perfuratriz: equipamento fundamental para a fundação profunda
Perfuratriz: equipamento fundamental para a fundação profunda.
15 de agosto de 2023
Tipos de fundação: qual é mais adequada para cada tipo de solo
Tipos de fundação: qual é mais adequada para cada tipo de solo.
29 de agosto de 2023

Os perigos de uma fundação mal executada.

Uma fundação mal executada pode acarretar diversos perigos para os projetos de construção. Basicamente, ela é a parte da obra que sustenta todo o empreendimento que vai ser construído no terreno. 

O que acontece é que a fundação transfere a carga da construção ao solo, de forma superficial nas fundações rasas e ao longo profundidade do solo, no caso de fundações profundas.

Ou seja, para receber toda essa estrutura, o terreno precisa ser muito bem-preparado e a fundação deve ser dimensionada corretamente. Qualquer possibilidade de erros nesse sentido pode ocasionar em diversos problemas para a obra.

Vale destacar que além de fazer a execução correta, também é necessário escolher o tipo de fundação ideal para iniciar a construção. 

Essa decisão vai depender de três fatores principais, que são os tipos de solo, as cargas provenientes da superestrutura e as magnitudes máximas de recalques, deslocamentos e distorções que a estrutura pode sofrer na sua vida útil.

Conhecendo o papel das fundações dentro das obras da construção civil, podemos entender a importância de evitar com que se realize uma fundação mal executada

Garantir esse trabalho correto também ajuda a reduzir custos ao longo da execução do empreendimento e principalmente durante o uso e a operação dele. Nesse sentido, recuperar patologias pode ser muito mais caro do que se fizer corretamente desde o início do investimento.

Podemos citar por exemplo os carros dos prédios tortos no litoral paulista, em Santos. 

Ao todo, foram 65 prédios que tiveram suas estruturas comprometidas e ao longo dos anos foram geradas inclinações, tudo isso causado por um erro conceitual de fundação. 

A recuperação de cada prédio teve custo de R$ 1,5 milhão, e os imóveis chegaram a desvalorizar até 75% antes dos procedimentos de reparo.

Possíveis causas de patologias em fundações?

Em primeiro lugar, é importante entender quais são os principais motivos que podem causar patologias em fundações. Desse modo, é possível compreender melhor como uma fundação mal executada pode apresentar problemas na construção.

Desse modo, em geral existem três pontos principais que provocam manifestações patológicas em fundações. A primeira é a falta de investigação do solo ou se essa etapa for executada de maneira equivocada. 

Além disso, é possível destacar problemas envolvendo o comportamento do solo e também envolvendo o desconhecimento do comportamento real das fundações

Ou seja, dois dos três grandes problemas nessa etapa da construção civil podem ser causados por uma fundação mal executada. Vamos dar destaque para o principal, que é a investigação geotécnica adequada. 

Ela deve ser aplicada em todos os projetos de obras por profissionais qualificados e experientes e se for malfeita ou ignorada, pode causar os outros dois problemas que citamos acima.

Ela pode ser um dos principais causadores de problemas, já que muitas vezes ocorre a interpretação errônea de resultados ou até mesmo a ausência da base necessária para a concepção do projeto de fundação. 

Desse modo, pode ser realizada uma fundação superdimensionada, reduzindo o lucro final do empreendimento ou até mesmo inferior ao necessário. Assim, vão ser geradas patologias no empreendimento, como fissuras, trincas, deformações e até o colapso da estrutura com graves fatalidades.

Assim, é muito importante que profissionais competentes estejam envolvidos durante a investigação geotécnica e em todo o processo de execução da fundação. Para alcançar o melhor resultado é necessário que sejam feitas quantas análises do solo forem necessárias, para buscar as melhores informações e implementar esse conhecimento no produto final.

Portanto, podemos resumir as principais causas de uma fundação mal executada e suas patologias em: falta de investigação geotécnica e interpretação correta, falta de mão de obra especializada, falhas no projeto e na execução e falta de manutenção.

Os principais prejuízos provocados por uma fundação mal executada

Como destacamos anteriormente, realizar uma fundação mal executada pode causar uma série de problemas e patologias na construção. Nesse sentido, a parte mais prejudicada com a falta de qualidade e profissionalismo na execução das fundações é a infraestrutura do empreendimento.

Se elas não suportarem a carga suficiente imposta pela construção, podem ocorrer diversas consequências graves no futuro. 

Além de prejuízos financeiros, visuais e de desempenho, também é possível que ocorra até mesmo acidentes fatais consequentes de fundações inadequadas. Além disso, pode causar problemas graves para o projeto, com prejuízos altíssimos, retrabalho e atrasos do prazo de entrega.

Os principais casos de manifestações patológicas causadas pela fundação mal executada são fissuras, trincas e deformações. Uma pequena parte pode ser disfarçada ou reparada periodicamente, mas deve-se considerar que são medidas paliativas, já que as patologias acabam retornando.

Além disso, podem aparecer grandes deformações ou trincas, que muitas vezes vão exigir reparos estruturais e grandiosos. 

Ou seja, vai acabar se gastando mais com reformas do que se o investimento de tempo e qualidade na fundação tivesse sido feito adequadamente. Em casos mais graves é possível até mesmo que o empreendimento seja interditado e muitas vezes somente a demolição e a construção de um novo poderia resolver.

Desse modo, são destacados três tipos principais de danos. Em primeiro lugar temos o arquitetônico, que é o menos severo, mas ainda assim extremamente desconfortável visualmente e confere insegurança aos usuários. 

Segundamente, no nível intermediário estão os danos funcionais, que não levam a inutilização do empreendimento, mas ainda assim geram prejuízos à estrutura.

Por último, estão os danos estruturais, que são  defeitos significativos em todo o conjunto da obra e comprometem sua estabilidade. Ou seja, esses danos podem tornar necessária a realização de intervenções de reforço, desocupação e até demolição.

Desse modo, podemos compreender os diferentes níveis de impacto que uma fundação mal executada pode causar na construção civil. 

Além de gastos com retrabalhos e reformas, pode até mesmo inviabilizar todo o projeto, tornando o prejuízo incalculável. Por isso, é muito importante contratar profissionais experientes e qualificados para analisar o terreno, dimensionar e executar corretamente a fundação.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda?