Obra eficiente: 5 coisas para não deixar de lado

Como uma boa fundação pode evitar prejuízos em obras
Como uma boa fundação pode evitar prejuízos em obras
12 de maio de 2022
Sapata x Estaca: Qual a diferença dessas fundações?
Sapata x Estaca: Qual a diferença desses tipos de fundações?
24 de junho de 2022

Obra eficiente: 5 coisas para não deixar de lado

Obra eficiente: 5 coisas para não deixar de lado

Obra eficiente: 5 coisas para não deixar de lado

Uma obra eficiente é o desejo de qualquer pessoa que está envolvida com a construção civil. Aumentar a produtividade, com economia, agilidade e qualidade é muito importante na hora de projetar um novo empreendimento.

Independentemente do tipo de construção, o canteiro de obras é o principal local que deve ser o foco das atenções nesse sentido. 

Nele, reúnem-se  todos os recursos necessários para a execução da obra. Além disso, existe uma grande movimentação de pessoas, equipamentos e materiais.

Ou seja, para garantir o bom andamento da obra, é necessário planejamento e organização para fazer com que tudo funcione da melhor forma. 

É muito importante organizar o espaço que a construção ocupa, com diversos cuidados específicos para cada ponto da obra, proporcionando máxima agilidade e eficiência possível.

Além disso, uma obra mal planejada e sem eficiência pode causar desperdício ou extravio de materiais, equipamentos danificados, equipe de profissionais sobrecarregada, acidentes de trabalho, erros de execução e, por consequência, de atraso na entrega da obra e queda na qualidade.

Desse modo, separamos cinco aspectos que você não pode deixar de fora para garantir uma obra eficiente.

Obra eficiente: 5 coisas para não deixar de lado

  1. Planejamento – Uma obra eficiente não pode começar sem que seja realizado um planejamento bem elaborado e organizado. Todo processo que deve ser executado deve ser calculado e cada ação deve ser definida para que as decisões sejam tomadas da melhor maneira possível.

O ponto de partida ideal é fazer a elaboração de um cronograma de obra, com a lista de todas as atividades, prazos e orçamentos. Além disso, deve-se considerar outros aspectos importantes da obra e como o local será a entrada e a saída de caminhões, onde ocorrerá a descarga de materiais, por exemplo.

Esses processos são importantes e devem estar bem planejados para deixar a construção bem organizada, sem preocupação com a mobilidade dentro e fora do canteiro de obras. Tudo isso causa impacto direto para fazer com que você tenha uma obra eficiente.

Também é necessário organizar quais serão os profissionais que ficarão no ambiente de trabalho e em determinados setores da obra, para que não ocorram acidentes ou falta de produtividade.

  1. Canteiro de obras – Depois do planejamento da construção como um todo, é necessário organizar todo o funcionamento do canteiro de obras. Essa parte “viva” da construção precisa ser feita de forma que facilite o trabalho dos envolvidos no projeto. Desse modo eles podem agir com rapidez e organização.

Nesse sentido, um passo importante para ter uma obra eficiente é definir o layout do canteiro de obras. Assim, você determina a posição dos espaços no canteiro de obras, desde o almoxarifado (espaço para armazenamento de materiais) até as áreas de vivência, como banheiro e refeitório. 

Com toda a certeza, o layout e as instalações provisórias podem ser alterados conforme o andamento da obra e as necessidades que vão surgindo nesse tempo. No entanto, é muito importante ter um padrão estabelecido desde o início da construção.

Para uma melhor organização, o ideal é que todos os recursos necessários para a obra fiquem organizados e disponíveis de maneira que se reduza o tempo de busca dos materiais. Consequentemente, evita-se o cansaço dos trabalhadores e facilita a execução da obra.

  1. Logística – A logística faz parte de uma obra eficiente. A partir dessa execução, é possível melhorar a eficiência no canteiro de obras, garantindo que não haja falta ou excesso de materiais, organizando todo o seu fluxo, transporte e armazenamento. Assim, além de aumentar a produtividade, também colabora evitando desperdício, perda de tempo e dinheiro.
  2. Invista em segurança – Uma obra eficiente também precisa estar plenamente adequada e segura para os trabalhadores envolvidos. Caso contrário, graves acidentes podem ocorrer, colocando em risco a vida e saúde destas pessoas, além de comprometer o andamento da obra.

Por isso, é fundamental que todos estejam utilizando corretamente todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários para as ações que estão sendo executadas. Nesse sentido, o maquinário utilizado também precisa estar em plenas condições e com manutenções periódicas realizadas.

Outro ponto importante para a segurança é o descarte correto de materiais e entulhos da obra, que devem ser colocados em locais adequados, sem atrapalhar ou impactar na possibilidade de acidentes. 

Todos os profissionais envolvidos na obra também devem participar de programas de qualificação para saber tudo sobre as medidas de segurança no trabalho.

  1. Condições climáticas – Por último, para ter uma obra eficiente, é necessário estar preparado para tudo, até mesmo para o clima. Obviamente, não existe uma maneira de controlar o tempo, mas é possível prever e se organizar para que temperaturas e outras intempéries não atrapalhem a construção.

Por exemplo, o calor pode danificar determinados materiais e cansar demais os trabalhadores e o excesso de chuvas pode paralisar a obra. 

Por isso, é necessário se adaptar conforme a previsão das condições climáticas e garantir o que é essencial para a eficiência no canteiro de obras. 

Uma dica interessante é elaborar um planejamento voltado para estas questões e que o prazo final também tenha prazos realistas, evitando atrasos no prazo de entrega.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Falar no WhatsApp
Precisa de ajuda?