Fundação, entenda como iniciar a estrutura de sua obra

executar uma sapata
Como executar uma sapata e quais os benefícios para a obra
26 de julho de 2019
tipo de estaca
Fundações profundas: saiba qual tipo de estaca utilizar
13 de setembro de 2019

Fundação, entenda como iniciar a estrutura de sua obra

fundação

fundação

Iniciar uma construção requer muito conhecimento, principalmente do local escolhido para realizar a obra. Mas você conhece de fato como iniciar uma fundação? Quando a parte estrutural de um empreendimento não é firmado como deveria, isso pode acarretar em problemas futuros. Alguns exemplos são o aumento dos custos e comprometimento da obra.  Confere em nosso blog como passar por essa etapa sem apertos.

Na prática, o início de uma construção começa pela fundação. Ela tem a função de receber as cargas que agem na estrutura e transmiti-las ao solo de forma adequada. Sabe quando você vê um prédio muito alto e se pergunta se ele é realmente seguro, o que sustenta o peso as condições climáticas que incidem nele é a fundação. Por esse motivo, a escolha do tipo de fundação depende não apenas do gênero do edifício, mas também do tipo de solo do local onde será executada a obra. 

Até aqui já deu para sentir o quão importante é essa etapa da construção, certo? Para se ter uma ideia do prejuízo de não escolher uma fundação correta, certos erros no processo são irreversíveis. Ou seja, acabam culminando na necessidade de demolição da estrutura. A formação de trincas em tetos e paredes, por exemplo, também pode ser sinal de eventuais erros na etapa de fundação da obra. Para não correr esse risco, é essencial contar com profissionais capacitados, são eles que vão orientar todo o processo. 

Garantia de segurança e produtividade na fundação

Essa tarefa cabe basicamente ao projetista responsável pela edificação. Contudo, é importante que a construtora esteja atenta a todas as etapas do processo. Via de regra, a receita para uma fundação de obra bem-construída consiste na análise do seguinte sistema: carga do imóvel + nível do lençol freático + geotécnica do solo onde a edificação será levantada, especificando ao máximo as características do terreno.

Esses aspectos vão definir a escolha do tipo de fundação adequado à construção. Para fazer essa análise, os projetistas precisam seguir a norma NBR-15.492, que dita números mínimos de sondagens a serem realizadas conforme a topografia do local. Portanto, não é seguro trabalhar com um único ensaio de sondagem de solo. Considere a fundação de prédios vizinhos, essa informação serve como complementar para entender melhor o funcionamento do solo no local.

Como dissemos, a topografia é um dos requisitos para definir o tipo de fundação de obra adequada. Um bom estudo de topografia inclui informações como características e particularidades do local, relevo do terreno, presença de solo mole ou água, obstáculos no terreno e a presença de taludes ou erosões.

A fundação de obra é uma etapa que requer cuidado e atenção redobrados. E é por isso que nenhum detalhe pode passar despercebido, seja na escolha dos materiais ou na empresa e profissionais responsáveis por executar a obra. 

Conte com ajuda especializada para saber as reais dimensões da obra, como a disposição dos pilares, as estruturas de contenção, a necessidade de reservatórios, entre outros aspectos importantes. Só então pense nos materiais necessários e nesse caso, o custo-benefício precisa falar mais alto. Lembre-se sua obra está diretamente ligada a segurança de futuros moradores. Depois de compreender as utilidades e exigências da fundação, agora sim você já está pronto para realizar uma obra segura e com alto padrão de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *