Etapas da Construção de um Prédio: da fundação ao acabamento

Arranha-céus: conheça os maiores prédios do Brasil com a fundação realizada pela União Fundações
Arranha-céus: conheça os maiores prédios do Brasil com a fundação realizada pela União Fundações
17 de janeiro de 2022
5 principais causas de problemas nas fundações
5 principais causas de problemas nas fundações
9 de fevereiro de 2022

Etapas da Construção de um Prédio: da fundação ao acabamento

Etapas da Construção de um Prédio: da fundação ao acabamento

Etapas da Construção de um Prédio: da fundação ao acabamento

Realizar uma obra é uma atividade complexa e que exige diversas demandas da construção civil. Conhecer as etapas da construção de um prédio é importante para saber a complexidade do projeto e para mensurar os valores investidos.

Além da escolha do terreno, é necessário realizar todo o projeto arquitetônico, calculando cada espaço e serviço, preparação para iniciar tudo corretamente e fazer cada processo com precisão. Após isso, começam as instalações do canteiro de obra e a fundação, a alma do empreendimento.

Existem diversas etapas da construção, cada uma com o seu papel e importância. Separamos as principais etapas envolvidas na construção de um edifício. Saiba mais:

 

Etapas da Construção de um Prédio

 

Elaboração do Projeto Arquitetônico:

Antes de iniciarmos com as etapas da construção propriamente, devemos pensar no que ocorre antes disso. O projeto arquitetônico é fundamental para o sucesso da construção.

O projeto é o desenho que indica como o empreendimento tomará forma e deve contar a planta baixa do imóvel detalhada, cobertura, cortes, fachadas e especificações das portas e janelas.

Além disso, ele contribui para que o arquiteto ou engenheiro faça com que os espaços sejam bem aproveitados, com uma boa circulação, ergonomia, funcionalidade e conforto.

 

Serviços Preliminares:

Existem diversos serviços preliminares que fazem parte das etapas da construção. Eles servem para preparar o terreno antes do início propriamente dito da obra. Podemos destacar os principais: limpeza do terreno, terraplanagem e compactação do solo.

Além disso, existem diversos outros trabalhos que podem ser realizados para melhorar ainda mais a qualidade do terreno e da obra como um todo. Este é o caso da sondagem, que faz uma avaliação e apresenta as características do terreno para os profissionais da construção civil.

Também existem outros processos, como construção do tapume, caso necessário, instalações provisórias de água e energia e itens como lâmpada, vaso sanitário para os trabalhadores. Também deve ser feita a montagem do canteiro e o local de armazenamento de materiais e ferramentas, também se encaixam nesse método.

 

Fundações:

Finalmente, chegamos as etapas da construção onde será colocada a mão na massa! E a primeira parte destas é a fundação, que como sabemos é uma das mais importantes de toda a construção civil.

Ela é responsável por suportar e distribuir a carga da construção para o solo, mantendo-o fixo e nivelado no terreno. Desse modo, com uma fundação bem-feita, é possível garantir que não aconteçam graves problemas, como rachaduras e trincas.

Além disso, se ela não for projetada e construída de forma correta, pode até mesmo comprometer toda a estrutura, causando acidentes e prejuízos enormes para o empreendimento. Ou seja, a fundação precisa ser feita por profissionais qualificados e experientes, que saberão qual o tipo de fundação ideal e como fazer as estimativas corretas.

 

Vedação e Alvenaria:

A vedação é uma das etapas da construção que realiza o fechamento das estruturas por meio da disposição das paredes. A técnica é realizada com materiais de alvenaria, como tijolos e argamassa, com acabamento de chapisco, emboço, reboco, vidro, gesso ou madeira.

 

Instalações Hidrossanitárias:

Nesta etapa, são realizadas todas as instalações que utilizam água, como esgoto, água quente e fria, água de reuso (se houver) e, se for o caso, a cisterna, que pode ser uma ótima opção de reaproveitamento da água.

Neste momento também ocorre a preocupação com as instalações elétricas e complementares, onde ocorrem passagem de eletrodutos, fios e cabos, seja de luz, internet, gás, etc. Nenhuma instalação pode atrapalhar a outra e isso deve ser muito bem planejado.

 

Esquadrias:

Esta é a parte referente às portas e janelas da obra e tudo o que as compõem (como batentes e folhas). Os materiais mais comuns são metais, alumínio, madeira, PVC e vidro temperado.

Nesta etapa, a escolha do material deve ser feita com cuidado, já que é necessário considerar a durabilidade e suas funções para proteger o espaço do sol e da chuva, decorar ou então, isolar acusticamente, por exemplo.

 

Acabamentos e Revestimentos:

Por fim, chegamos às etapas da construção que envolvem os acabamentos. Aqui é fundamental investir em um excelente material de revestimento, que seja capaz de garantir conforto e melhorar a decoração dos ambientes.

Aqui também são colocados os elementos aplicados nos pisos, paredes e azulejos. Para que o acabamento seja de alto padrão, também é importante atentar-se ao reboco, emboço e chapisco, revestindo a estrutura com aderência e segurança.

 

Pintura:

Também fazendo parte do acabamento, a pintura deverá ser feita nas áreas internas e externas da estrutura. Além de servir como papel principal na decoração, ela também ajuda a proteger as paredes.

No entanto, vale destacar que cada ambiente exige tintas próprias, pois apresentam condições e resistência diferentes. O melhor tipo de tinta para adquirir para as paredes são as de látex ou PVA, pois são à base de água, com secagem rápida e odor mínimo.

Já na área externa, invista na tinta acrílica, que costuma ser altamente impermeável e resistente aos efeitos das chuvas e do sol.

 

Paisagismo:

Planejar e organizar os itens da área externa é uma das partes mais interessantes da construção. Nesse momento, é possível utilizar da criatividade para organizar, dentro dos perímetros disponíveis, uma piscina, área para churrasqueira e o cultivo de um jardim.

 

Limpeza:

Agora sim, finalizada a obra, chegamos à última das etapas da construção: a limpeza. Aqui é necessário observar cada espaço e deixar tudo limpo e organizado, cuidando para realizar o descarte correto.

Em muitos casos, contrate caçambas para o excesso de lixo e entulho, e pesquise os produtos de limpeza certos para cada tipo de material. Desse modo é possível garantir a sustentabilidade da obra e dar ainda mais valor ao projeto finalizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Falar no WhatsApp
Precisa de ajuda?